Saturno regente do ano 2013

Tudo sobre o planeta que irá coordenar os acontecimentos do ano

Saturno rege o signo de Capricórnio e encontra-se (transita) no signo de Escorpião.
Plutão rege o signo de Escorpião e encontra-se (transita) no signo de Capricórnio.
Eles (Saturno e Plutão) estão fazendo no céu um contraponto, um transitando pelo signo do outro. Saturno pede a estrutura com reformulações e Plutão pede reformulações para estruturar. Isso significa que muitas coisas escondidas virão à tona, serão reformuladas para podermos estruturar, tanto no pessoal como no empresarial, político, emocional ou físico.

SATURNO NA ASTRONOMIA

SATURNO é o último planeta visível a olho nu e por isso era considerado pelos antigos o último planeta do nosso sistema até a descoberta de Urano, em 1871. Ele leva cerca de 29 anos para completar sua volta em torno do Sol, ficando mais ou menos dois anos e meio em cada signo. O que nos faz enxergar os planetas no céu é o reflexo da luz solar, quanto mais longe eles se situam, menos luz recebem e maior dificuldade temos para enxergá-los.

Saturno possui anéis — aglomerados de partículas minúsculas e provavelmente congeladas — que formam uma faixa extensa de mais ou menos 16km de largura máxima e 21 satélites, sendo o maior deles do tamanho de Mercúrio e chamado Titã.

É o segundo planeta lento. Seu passo anual é de mais ou menos 12 graus por ano. O ano saturniano corresponde a 10.795 dias e 17 horas terrestres. Seus princípios são FRIO e SECO, as cores negro e cinza e as linhas são curtas, estreitas, com contornos delineados e duros.

SATURNO NA ASTROLOGIA HUMANISTA

É o planeta que rege a terra, os minerais, as máquinas pesadas e a lavoura. É o senhor do tempo, regula o desgaste vital, a longevidade, obstáculos e impedimentos.

A palavra chave de Saturno é LIMITAÇÃO. Na antiguidade, seus anéis indicavam grilhões e se reportavam à limitação. Ele está relacionado com tudo o que precisa ter solidez e consistência, ao senso de dever e à discrição. Onde ele está temos sacrifício, obstáculos, atraso, impedimentos, solidão, velhice e tristeza. É onde vamos ter rigor, retração, prudência, segurança, economia até de si e sabedoria.

Onde temos Saturno, estamos fechados dentro de seus anéis. É onde construímos uma muralha defensiva ao nosso redor, criando nossas próprias barreiras e dando origem ao medo de ultrapassar obstáculos. É onde temos nossa insatisfação vivenciada, que começou na fase oral de Touro, seja essa insatisfação afetiva ou mental.

A função interior de Saturno é de nos libertar da prisão interior de nossas paixões e de nossos instintos. É ele quem nos ajuda a afirmar a força interior através da disciplina, do esforço, da paciência, da reflexão e das responsabilidades assumidas.

Em Saturno vamos encontrar a consciência de nós mesmos. Por isso, ele também representa nossa estrutura óssea, é onde nos deparamos com o despertar de nossa realidade, tanto externa quanto interna. É ele quem dá limites a Júpiter.

Antigamente, era chamado MALÉFICO, mas na Astrologia Moderna, Humanista, isso foi derrubado. Saturno nos impulsiona a crescer, através do princípio de autopreservação, do princípio de estrutura e estabilidade, aprendizado de tempo e do impulso de defesa das estruturas da vida e integridade pessoal. A pressão que exerce sobre nós é de ajuda para vencermos os obstáculos e crescermos.

O desafio dele consiste em nos elevar, e evoluir dói. Precisamos sempre sentir Saturno como ESTRUTURADOR, jamais como LIMITADOR. É ele quem nos dá a oportunidade de quitar nossos débitos passados.
O velho provérbio: “Cada um colhe o que planta” é a melhor síntese dessa Lei. Ela é tão universal que não depende de raça, sexo, religião, social, filosofia etc. Outro ditado aplicado a Saturno é: “Deus dá o frio conforme o cobertor”.

SATURNO NA MITOLOGIA

Conta-se que no princípio do mundo havia só o Caos, um espaço ilimitado. Dos seus movimentos contínuos, primeiro surgiu um aglomerado de partículas que, aos poucos, começou a ganhar corpo e deu origem à primeira manifestação sólida e real, GAIA, a Terra. Tanto que é dela que o homem vem e é para ela que o homem vai.

De um outro tempo de vibrações e movimentos contínuos criou-se a Água, a Grande Mãe, que fertiliza e amolda. Do espaço que existia entre eles surgiu URANO, o céu e deus do firmamento. A partir daí o CAOS começou a ser organizado. Gaia e Urano se uniram e tiveram filhos. Saturno, ou Cronos, era o mais jovem. Como todos os filhos eram terríveis (por isso também eram chamados de Titãs), Urano os atirava ao Tártaro como uma forma de mantê-los longe do trono.

Gaia, cansada de ter seus filhos perdidos ou repudiados, pede ao mais jovem que, antes de ser atirado ao Tártaro, castre o pai e para isso dá a ele uma foice. Saturno castra o pai fecundo e como sem genitais não há vida, o reino definha.

O velho rei é deposto e Saturno ocupa seu lugar. Seu nome quer dizer tempo, e precisamos dele para que nasça um fruto, um projeto, um filho, uma arte etc..

Saturno casa-se com sua irmã Réia (um dos nomes da Terra) e com ela tem os filhos Vesta, Ceres, Juno, Netuno, Plutão e Júpiter, mas quando um oráculo profetiza que Saturno seria destronado por um de seus filhos, ele os devora. Réia, cansada de vê-los morrer, consegue esconder apenas um: Júpiter, ou Zeus. E assim a profecia se cumpre.

Quando Júpiter derrota Saturno, prende-o no Tártaro durante sete anos e divide o mundo com seus irmãos: Netuno e Plutão. Isso faz com que esse planeta tão importante seja vivenciado também em ciclos de sete.

Trânsito de Saturno

7 ANOS – Saturno quadra Saturno Natal:
é onde existe a troca dos dentes que pertencem a ele. É o inicio da alfabetização, primeira convivência do indivíduo no social.

14 ANOS – Saturno oposição ao Saturno Natal:
é a puberdade, rebeldia contra os modelos pré-estabelecidos. É o anti-social e a necessidade de estabelecer a própria identidade.

21 ANOS – Saturno quadra Saturno Natal:
é a maioridade e a independência, o conhecimento total da realidade onde se assume todos os atos perante a sociedade.

28 ANOS – Saturno fica em conjunção com Saturno Natal:
é o reconhecimento do próprio potencial criativo e o começo da colheita do que foi plantado. Ele pensa mais em reputação, poder e ambição.

Tags:

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Farmacia de Manipulação - Homeopatia

    Viva Life

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Pet-Shop

    Big Dog''s Brasil

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Astrologia - Vidência

    Patrícia Vidente

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Moda Praia - Fitness - Acessórios

    Minha Flor

    Veja mais sobre esse anuncio