MUDE SUA VIDA!

Você conhece o poder de seus pensamentos? Júlia Blanque mostra poderosas ferramentas de Programação Neurolinguística (PNL) para você mudar sua vida, ampliar a percepção e “reprogramar a mente”, atraindo o que deseja

Como a PNL pode ajudar?

A Programação Neurolinguística é um trabalho de
coach, que reformula a forma de pensar, de falar e de agir, no intuito de transformar o indivíduo, expandindo sua percepção e criando uma realidade de amor, alegria, prosperidade e bem-estar. Quem conhece PNL jamais diz algo de forma negativa, sempre utiliza frases positivas porque desenvolveu novos caminhos neurais, através da autopercepção. Com a PNL somos mais assertivos e conquistamos nossos objetivos. Quer usar a PNL ao querer que alguém fale mais baixo com você? Diga, calmamente, quando alguém gritar: “gosto que você fale mais baixo” (fala direta e neutra que resultará em entendimento), ao invés de dizer: “não grite comigo!” (fala agressiva e reativa que resultará em discussão). Ao compreender este mecanismo você poderá expandir seu conhecimento.

Passo um: o que você pensa, acontece!

Nunca cometa o erro de pensar das seguintes formas:
“Não tenho sorte no amor” , por causa de desilusões amorosas (você encontrará a pessoa certa quando estiver preparado para uma relação saudável);

“Os filhos só me dão problemas e mais trabalho”(reflita, os filhos também dão muitas alegrias, conflitos são naturais das diferenças entre gerações, encare com naturalidade e se adapte, pois o tempo não volta);

“Meu trabalho é um sacrifício” (imagine se você estivesse desempregado, não seria pior? Se você não está satisfeito, procure se atualizar para ser promovido ou arrumar outro emprego melhor);

“Não aguento mais meu casamento” (esta frase é típica de um relacionamento estável no qual não houve renovações, a rotina passou a ser pesada e repetitiva, está na hora de resgatar o carinho e a magia do início). “Se você costuma pensar assim, está na hora de rever seus pensamentos e atitudes para mudar a trajetória de sua vida!”, afirma a escritora. “Lembre-se a todo momento: Você é e será o que acredita!”.

As pessoas, muitas vezes, estão despreparadas no exercício diário para conviver com as diferenças, se deixam contaminar com o negativismo, a intolerância e ficam desmotivadas. Passam a falar em tom agressivo e revidam, gerando discussões e criando uma realidade de conflitos, fruto de medos e pensamentos negativos. A agressividade é um sintoma do distanciamento de si mesmo e, se este caminho persistir, descambará para
a depressão.
Os problemas do século são a alienação e o conflito interior, daqueles que enfrentam o estresse, pelo excesso e pela carência de certas emoções, o que provoca desequilíbrio interno (doenças autoimunes: câncer, diabetes, psoríase, vitiligo, esclerose-múltipla) e social (desvios comportamentais, estupros, assassinatos, depredações, agressividade no trânsito, vandalismo).

É muito triste encontrar pessoas deprimidas por não se sentirem realizadas. Muitas estão frustradas e infelizes no presente por não saberem como transformar suas relações de forma harmoniosa. Mas, também, tenho encontrado pessoas com alegria e sorriso no rosto, que pensam positivo e sabem buscar o lado bom em tudo, pois aprenderam com as experiências do passado a observar que as dificuldades são ferramentas de superação.

Se você quer mudar a sua situação atual, onde está a sua atenção? Você só pensa em seus problemas? Os seus pensamentos são repetitivos? Você precisa quebrar este ciclo vicioso! Por natureza, a mente cria diálogos (pensamentos) constantemente, mas, ao desviar a atenção por um instante, mudando a sua percepção, você permitirá uma renovação em seus pensamentos. Como? Experimente desviar o olhar para o céu ou mudar de posição no ambiente em que se encontra, focalize outros aspectos positivos e importantes que estão ao seu redor e você ainda não percebeu. Neste momento, você visualizará que é possível distrair a mente, observar o que está pensando e sentindo e se tornará uma pessoa mais consciente. À medida que se encontrar menos disperso em pensamentos, mais inteiro estará com os cinco sentidos na ação presente. Esse é o caminho da percepção para dar um passo à libertação das ideias fixas. A prática da meditação é um excelente exercício diário para auxiliar no controle dos pensamentos e na concentração, aumentando o foco e o equilíbrio interior.
Você retomará o comando, quebrando o ciclo vicioso.

Passo dois: fique atento ao tempo, viva o presente!

A vida só acontece no momento presente. Quando você perceber que a sua mente está revirando o passado, como por exemplo, “porque fulano fez isso comigo?” ou buscar a realização e a felicidade lá na frente, “segunda-feira começo o regime”, ou “quando eu me aposentar vou realizar a viagem dos meus sonhos”, dê um stop à sua mente! Você não está vivendo o presente, portanto está infeliz por algo que aconteceu no passado ou por uma expectativa de realização no futuro. São seus pensamentos que o fazem acreditar que está infeliz! Veja as coisas de forma diferente, sob outro ângulo, seja mais positivo e perceba que a felicidade é um estado mental em sentir-se bem com o que tem e o que você é. Comece o regime hoje, e sinta-se melhor por estar fazendo alguma coisa por você agora. Esqueça o que fulano fez, não ajuda em nada ficar relembrando. Planeje a viagem dos seus sonhos agora. Faça uma poupança, pesquise roteiros e possibilidades. Estabeleça metas e as realize, uma de cada vez, dentro de suas possibilidades, você é capaz! Tome decisões e fique satisfeito com elas, não se censure nem se penalize, você será outra pessoa. A felicidade está na forma como você pensa e encara os fatos da vida, ela está dentro de você, e jamais fora. Uma prova que felicidade não é sinônimo de “ter” mais e mais é observar que existem muitos milionários infelizes, com problemas muito maiores do que os seus e insatisfeitos com a vida que escolheram, vivendo de aparências e tomando antidepressivos. A receita da felicidade é simples: mantenha o foco aqui no presente e encontrará a paz. Quem vive de saudades, da vida que foi e será, é um sério candidato a depressão e a ansiedade.

Passo três: observe suas emoções: conheça-se melhor!

Você se conhece? Qual é a sua missão? A sua autoconfiança está bem? Você tem autoestima? Estamos aqui para expandir e multiplicar nossos talentos, desenvolvendo vários papéis no teatro da vida. Pai, mãe, filho, namorado, profissional, esportista, professor, escritor, estudante, chefe, viúvo, solteiro. Em cada um deles há uma missão a ser cumprida e para alcançar o sucesso é necessário autoconfiança e autoestima. Devemos ter a flexibilidade para não nos fixar em um papel exclusivo, pois a cada momento são exigidos papéis diferentes. Você é marido em casa, chefe no trabalho e esportista no clube. É preciso estar atento e conectado para não carregar paradigmas de um para outro. Por exemplo, querer que seu marido seja seu pai, sua mulher seja sua mãe ou querer que o sirvam como um empregado. Você precisa ter autoestima para evitar mal entendidos e não ficar melindrado quando contrariado. Com autoestima, você aceita as opiniões diferentes sem conflitos, convive harmonicamente com as diferenças, sabendo respeitá-las, sem se abalar, e está seguro de si e de seus valores, sem excessos (prepotência). Quando você aprende a se observar, você aprende a se conhecer cada vez mais (tem autoconhecimento) e consegue realizar melhorias, continuamente, na sua conduta e sua essência. Quanto mais autoestima e autoconhecimento, mais autoconfiança você adquire, facilitando o seu relacionamento com as pessoas e o seu convívio profissional e social. É o caminho do sucesso!

Passo quatro: mude seus comportamentos, seja um agente transformador!

A sua vida é o resultado das suas escolhas. Você tem a capacidade de mudar a sua realidade utilizando o poder da sua mente. Portanto, cuidado. O que você pensa e fala se torna realidade! Se você busca resultados diferentes em sua vida, pense diferente, tenha flexibilidade comportamental, use e abuse da sua capacidade extraordinária de pensar (de forma positiva) e lembre de colocar-se no lugar do outro, procurando entrar em raport, ou seja, estar em sintonia com as pessoas que convive. Aproveite os desafios que a vida lhe traz e supere-se! Você merece e pode ser feliz agora, só depende de você.

Tags:

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Cirurgião - Dentista

    Dra.Ana Laura Sanchez

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Espetinhos - Lanchonete

    Casa Madalena Espetinhos e Lanchonete

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Psicólogo

    Integrare Espaço de Desenvolvimento Humano

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Civil - Trabalhista - Criminal

    Brandão Rodrigues Advocacia

    Veja mais sobre esse anuncio