Maracujá e suas propriedades

Com propriedades calmantes, o maracujá auxilia no combate ao estresse e ainda ajuda a reduzir o colesterol e o diabetes

É época de maracujá! A fruta pode ser encontrada por preços bem acessíveis e excelente qualidade. Assim, diga adeus ao stress da vida agitada porque com apenas um copo de suco de maracujá por dia, você pode ter de volta noites tranquilas e bem dormidas.

Segundo a Nutricionista, Cristiane Mara Cedra, dona do site: www.anutricionista.com, o maracujá possui uma substância chamada passiflorina, que atua como calmante.

A fruta também é rica em fósforo, cálcio, vitamina A, vitaminas do complexo B, fibras, muita vitamina C e boa quantidade de sais minerais, como ferro, sódio, cálcio e fósforo.

A casca do maracujá, que normalmente é dispensada, tem propriedades funcionais. Ou seja, atua no metabolismo e em diversas outras funções do organismo.

A casca ainda é rica em niacina, ferro, cálcio, fósforo e pectina, o que lhe confere propriedades úteis aos diabéticos, pois auxilia na queda da taxa de glicose e na diminuição do colesterol ruim. Além de todos esses benefícios, o maracujá também é pouco calórico, cada 100 g da fruta tem aproximadamente 70 calorias.

A casca da fruta, transformada em farinha, diminui a taxa de açúcar no sangue e impede que o organismo absorva a gordura dos alimentos, causando a perda de peso. “Na farinha feita com a parte branca do maracujá é encontrada a pectina, uma fibra que se liga à gordura ingerida e ajuda a diminuir a quantidade absorvida.

Além disso, ela ajuda no controle do colesterol, regula o funcionamento intestinal, aumenta a sensação de saciedade e equilibra o índice glicêmico da refeição refletindo em uma depositação menor da gordura abdominal.  É bom tanto para os diabéticos quanto para as  pessoas sem a patologia” conta a dra. Cristiane.

A nutricionista ainda ensina que a farinha do maracujá pode ser adicionada a sucos, iogurtes, em frutas picadas ou no almoço e jantar. É importante consumi-la associada a uma hidratação adequada de pelo menos 8 copos de água por dia.

Existe uma infinidade de espécies de maracujá, como maracujá-mirim, maracujá-melão, maracujá-guaçu e maracujá do iguapó. Os frutos com a casca enrugada são os mais doces e os com a casca lisa são os mais azedos.

O nome maracujá vem do tupi-guarani, que significa a “comida preparada em cuia”, por causa do formato do fruto, a casca se assemelha a uma cuia. O maracujá é uma fruta tropical, não se desenvolve no clima frio. O Brasil é o maior exportador da fruta, que além de sucos pode ser utilizada na produção de musses, pudins, bolos e geleias.

A flor de maracujá é considerada de rara beleza, só abre em dias de muito sol e céu claro, mas não dura muito. Não é possível obter a flor do maracujá, caso colhida ela se fecha.

É tão encantadora que se acredita que o papa Paulo V ajoelhou-se reverentemente diante da flor do maracujá, que representaria uma “revelação divina”. Ela recordaria a paixão de Cristo. Frei Vicente do Salvador descreveu-a nessa função religiosa: “além de formosa, misteriosa – possui estigmas semelhantes aos cravos que Cristo foi pregado à cruz… cinco pétalas, rodeadas de coroa rouxa, simbolizavam as cinco chagas e a coroa de espinhos”.

A comparação deu origem até ao nome científico da flor, que pertence à família das Passifloráceas, passio de paixão e flore de flor, assim: Flor da Paixão.

Comentários

  • Manuelbarroso1946

    É um fruto de que eu gosto, e muito apreciado pelo seu valor medicinal.

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Esquadrias de Aluminio

    EAS - Esquadrias

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Automoveis - Teto Solar

    B.H. Tetos Solares

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Produtos Orgânicos

    Sabor Natural

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Ótica

    Ótica Visão Digital

    Veja mais sobre esse anuncio