Economia em Família

Como o planejamento em casa pode aproximá-lo, a cada dia, de seus sonhos

Planejamento financeiro familiar é um processo de aprendizado e conhecimento sobre os desejos e possibilidades de cada pessoa. É uma prática que precisa ser seguida para a boa administração da renda familiar. Isso resulta na clareza sobre as despesas, investimentos, patrimônio, dívidas (se for o caso) e sonhos a realizar. O primeiro passo é desenhar os objetivos da família sobre seus desafios nos próximos anos. A partir daí, é preciso saber onde se quer chegar e envolver toda a família nessa missão. Isso faz com que todos se tornem responsáveis e importantes. Afirmo, pois ao longo da vida tive exemplos clássicos de famílias que deixam claros seus objetivos familiares e as crianças embarcam nos sonhos e ajudam a torná-los realidade, mas todos, sem exceção, devem estar engajados mês a mês.

Para isso, vale listar todas as despesas da casa, pois isso é importante para que o processo de planejamento tenha início. Todos os gastos devem ser considerados como despesa, a não ser, obviamente, aquele que seja direcionado a alguma conta de investimento que a família já possua. Para que o processo se inicie, instruo que comece com alguns itens que compõem um planejamento básico inicial. Assim, ficará mais fácil visualizar e possivelmente se lembrar das despesas que entram dentro de cada um dos itens. São eles:

Sobrevivência
Aqui entram as despesas básicas, tais como moradia (aluguel, IPTU,condomínio), supermercado, água, luz e vestuário.
Educação
Despesas com mensalidade escolar, faculdade, material escolar, projeção de passeios pedagógicos das crianças, livros, cursos, enfim, tudo que esteja diretamente ligado à formação integral da família.
Gastos do dia a dia
Despesas com automóvel, transporte, presentes, cantina da escola, cafezinhos na padaria, idas ao cabeleireiro, telefonia fixa/móvel, passeios aos finais de semana, roupas e sapatos, pagamento de parcela de consórcio,  seguro saúde privativo, entre outros. Normalmente nesta parte da planilha é onde se concentram os maiores excessos com o dinheiro e onde o “ralo” pelo qual o dinheiro está escoando aparece. É bom que todos tenham olhos atentos e vejam onde cada um pode ajudar a economizar de verdade.
Contas de Investimentos
Nesta parte da planilha temos a parte do dinheiro trabalhando para a família para que possam realizar, no médio e longo prazo,  sonhos maiores e para casos de emergência. É importante lembrar que investimento é tudo aquilo que lhe traz mais dinheiro. Se a sua compra não lhe trouxer nada de lucro, então não é investimento e sim a aquisição de um desejo pessoal.

Obviamente, dentro de cada item é possível nomear os locais onde o dinheiro foi gasto com os respectivos valores. Assim, será possível visualizar onde está o “ralo” da planilha. Feito isto é hora de sentar e ver o “quadro pronto”. Normalmente, ao visualizarem suas planilhas, as famílias se dão conta que exageram em alguns itens da parte de “gastos do dia a dia” com supérfluos. Deverão, então, conversar sobre seus objetivos maiores e começar a traçar metas mínimas e máximas de consumo e se empenhar ao máximo para a nova planilha fazer valer o esforço. A aprendizagem perdurará para sempre na vida dos membros da família, já que todos se sentirão úteis ao poderem colaborar para o sucesso financeiro familiar. A família que planeja unida passa a entender que o sucesso financeiro vem quando aprendem a administrar o dinheiro e utilizá-lo com inteligência.

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Esquadrias de Aluminio

    EAS - Esquadrias

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Estética e Beleza

    Beleza Fashion

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Seguradora

    Minasseg Corretora de Seguros

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Clínica - Estética

    Souzas Beleza e Saúde

    Veja mais sobre esse anuncio