Doce Cacau

Em uma conversa descontraída, Cacau Colucci revela que por trás do mulherão existe uma meiga e delicada menina

A moça de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, que chega para a entrevista e ensaio fotográfico em nada lembra aquela mulher fatal, capa de revistas masculinas. Cláudia Colucci, a Cacau, tem jeitinho de moleca, é tranquila e gosta mesmo é de aproveitar o que a vida tem a oferecer.

A fama só veio após participar do reality show Big Brother Brasil, mas ela “corre atrás” do sucesso, em suas próprias palavras, há muito tempo. Formada em Letras pela Universidade Federal de São Carlos, com pós-graduação e também comissária de bordo, iniciou como empresária ainda durante o curso. Em sociedade com uma amiga criou uma agência de eventos que deu certo. “Queria ter várias opções de trabalho, a gente nunca sabe o dia de amanhã”.

Mas não foi o bastante. As possibilidades do BBB eram tentadoras. “Poder ficar milionária da noite para o dia é muito sedutor”. Oitava participante a ser eliminada da décima edição do BBB, foi uma das poucas que conquistaram espaço próprio na mídia. A garota deixou a empresa e investiu em sua imagem. “Percebi que era o meu momento. Eu precisava de pessoas cuidando da minha carreira e não mais
o contrário”.

Morando na capital paulista, além de modelo, estuda atuação e está no ar com a personagem Linda Rosa, a ingênua e sensual caipira da Escolinha do Gugu, transmitida pela Rede Record. Ela garante que é aluna dedicada e quer investir na carreira. “É preciso se aprofundar bastante, são vários livros para ler, seminários para apresentar. Eu mergulhei de
cabeça nas aulas”.

Para finalizar o currículo da jovem basta dizer que, aos 30 anos, já foi eleita a terceira mulher mais sexy do mundo pelos leitores da revista VIP e a décima segunda pessoa mais influente no twitter do país (ela soma quase 220.000 seguidores). “Estou descobrindo coisas que eu nunca imaginei que
poderia fazer”.
Cacau provou mesmo que veio para ficar.

Como surgiu o convite para interpretar a Linda Rosa?

O convite foi feito pelo diretor que estava procurando alguém com o perfil da personagem: físico compatível e uma personalidade meiga ao mesmo tempo, sem ser maliciosa. A sensualidade da Linda Rosa é natural. Fui chamada para fazer o teste e fui aprovada.

É um personagem que já foi encenado pela atriz Adriana Ferrari. Como você se preparou para atuar?

Como não tinha experiência fui muito pela intuição. Comigo foi ao contrário, primeiro surgiu o trabalho na TV e aí eu fui correr atrás da minha formação. Como sou do interior, não foi nada forçado. Criei alguns trejeitos para ela e procurei deixar com a minha cara. Está indo muito bem, eu recebo muitos elogios da personagem.

Já existem convites para continuar atuando?

Eu tenho alguns para estrear no teatro, mas não aceitei nada ainda por falta de tempo. Estou amando o curso e não vejo a hora de ter essa oportunidade, mas quero fazer do jeito certo. Quando me comprometo gosto de me dedicar ao máximo e não conseguiria fazer isso agora.

Mantém amizade com companheiros do BBB?

Claro! Principalmente com aqueles que tive mais contato como Alex, Serginho, Dicesar. A gente não se vê com tanta frequência, mas nos falamos sempre pelo twitter, telefone. Nos encontramos em alguns eventos também. A proximidade não é a mesma, mas criamos laços na casa.

Existe competição profissional entre vocês aqui fora?

Acho que pode existir sim, mas acredito que tem espaço para todo mundo. Não sinto a competição, cada um está em um momento profissional e tem que correr atrás do que é seu.

Você acaba de lançar seu segundo ensaio para a revista Playboy, a pedido dos fãs e leitores. Qual é a diferença da Cacau do primeiro para o segundo?

O primeiro ensaio foi uma coisa mais menina, para mexer com a imaginação. O segundo foi mais maduro, mais chique e nada vulgar. O processo foi bem mais tranquilo, consegui participar bastante e também já conhecia a equipe. Foi uma experiência muito gostosa, as melhores fotos que eu já fiz.

Você foi eleita a terceira mulher mais sexy do mundo pela revista VIP. Como lida com essa imagem?

É surreal! Mas eu só tenho a agradecer. A eleição foi feita pelos brasileiros e significa que fui muito bem aceita por todos. Acredito que a sensualidade vem de dentro, quando a gente se sente bem e é feliz. Mas no dia a dia eu sou moleca, brincalhona, não me acho sexy o tempo todo, algumas pessoas até estranham um pouco.

É indiscutível que você tem um corpo lindo. Qual é a sua rotina de beleza?

Minha agenda é muito instável, mas procuro ir de duas a três vezes à academia e sempre que posso faço drenagem e aulas de dança. Como o tempo é pouco não dá para ser muito intenso.

Você será a Rainha de Bateria da Unidos do Peruche no Carnaval 2012. Como está se preparando?

Eu sou bem tranquila, não tenho muitas regras, mas próximo ao Carnaval há algumas restrições. Evito comer sal e fritura nem pensar. Costumo dizer que não dá para por o pé na jaca todos os dias, mas também não dá para ser radical.

Já sofreu preconceito por ser ex-BBB ou pelo tipo de carreira que escolheu?

Eu sei que tem, mas ainda não vivi isso. Acho que já sou preparada. Muita gente torce por mim, mas muitos ainda subestimam meu potencial. Ainda recebo alguns comentários do tipo “vai estudar”. É bem desagradável, pois eu sei que formei em universidade pública, estudei fora do país — ela cursou um ano da faculdade em Portugal — concluí a pós-graduação e ainda estou estudando até hoje. Eu sempre procurei fazer muitas coisas, a gente sabe o que pode esperar. Não preciso provar para ninguém que tenho diploma, mas é difícil ser rotulada como ‘bonita e burra’. Não posso procurar algo que me atenda melhor financeiramente e me satisfaça como pessoa, independente de ter estudo?

O que podemos esperar de Cacau em 2012?

Vou prosseguir com meu curso de teatro e pretendo continuar na TV Record. Não sei se no ano que vem já vou conseguir, mas quero muito estrear no teatro e, quem sabe, participar de uma novela. Novas experiências com certeza.

Colaboração Joyce Rossini
Fotos: Fernando Siqueira

Tags:

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Uniformes

    Padroniza Uniformes

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Restaurante

    União de Minas

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Escola de Música

    La Musique

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Paleteria

    Ricochuelo Paleteria

    Veja mais sobre esse anuncio