Climatério e Menopausa

O impacto sobre a saúde bucal.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2000) as mulheres vivem um terço de suas vidas após a menopausa que ocorre em torno dos 51 anos, por isso é de extrema importância as mulheres entenderem o período que antecede essa fase, o climatério, para vivê-la de forma saudável, lúcida e prazerosa, com atividade e produtividade, podendo ser inclusive sem queixas ou medicamentos. Para isso é necessário que a mulher se conheça e saiba identificar o que é esperado dessa fase e o que é patológico, assim, a prevenção e o diagnóstico precoce de agravos são fundamentais para a promoção da saúde na mulher. Para entender melhor sobre o Climatério, a Menopausa e o impacto sobre a saúde bucal nesta fase, esclareceremos as dúvidas mais frequentes que margeiam este assunto.

Qual é a diferença entre climatério e menopausa?

O climatério é uma fase biológica da vida, e não um processo patológico, que compreende a transição entre o período reprodutivo e não reprodutivo da mulher. Já a Menopausa é um acontecimento biológico único, ou seja, a parada permanente da menstruação, (mais de 12 meses sem menstruar) após a perda da atividade folicular ovariana (período não reprodutivo da mulher).

Ao redor de quantos anos iniciam o Climatério e a Menopausa?

O climatério se inicia ao redor dos 35 anos e termina quando a mulher entra na menopausa. A menopausa em geral ocorre ao redor dos 51 anos, porém há mulheres que podem entrar na menopausa, antes ou depois desta idade variando entre os 36 e 59 anos. Diz-se prematura se instalada antes dos 40 anos e tardia após os 52 anos.

Quais as influências das mudanças hormonais na saúde bocal da mulher?

Muitos problemas odontológicos encontrados nas mulheres que estão no climatério são na realidade acompanhadas por mudanças físicas. Com a diminuição na produção do estrogênio (hormônio feminino) observa-se alteração na absorção de cálcio da dieta e um aumento dos níveis de cálcio na urina. Esses fatores aumentarão o padrão de perda óssea alveolar e podem levar a doença periodontal que é caracterizada pela reabsorção do osso alveolar e perda de inserção dos tecidos dentais. A doença periodontal, (popularmente conhecida como a doença que provoca o amolecimento ou mobilidade dos dentes), tem como causa principal a infecção bacteriana, porém fatores de risco como idade, alterações de imunidade, uso de medicamentos, deficiências nutricionais, fumo, estresse, genética e condições sistêmicas como diabetes e outras alterações hormonais podem acentuar esta doença.

Além disso, as mudanças nos níveis hormonais no climatério e pós-menopausa podem afetar as glândulas salivares causando sensação de secura na boca (xerostomia). Em casos em que a xerostomia constitua queixa frequente esse deverá ser avaliada para prevenção de outros agravos.

Que outras manifestações bucais podem estar presentes nesta fase?

  • Gengiva avermelhada ou inflamada como sangramento na escovação, aumento na incidência de cáries e retrações gengivais.
  • Sensação de ardência bucal e sensação de alteração do paladar (paladar reduzido ou gosto metálico na boca).
  • Secura dos tecidos bucais, palidez anormal dos tecidos gengivais, boca pegajosa, sensação de queimação na língua, lábios rachados, dificuldade de deglutição e mau hálito frequente.

Todas as mulheres nessas fases desenvolverão esses sintomas?

Não. Essas são as alterações mais frequentes encontradas nas mulheres nessas fases, porém como já foi dito há outros fatores que predispõem o desenvolvimento desses agravos. Se as mulheres se prepararem para essa nova fase conhecendo seu corpo e cuidando de sua saúde geral e de sua saúde bucal muitas alterações podem ser prevenidas.

Quais os meios de prevenção que as mulheres podem tomar para terem uma saúde bucal de qualidade nesta fase?

As mulheres estarão menos propícias a sofrer alterações relacionadas a esses fatores de risco se fizerem a higienização correta dos dentes, realizarem o autoexame bucal frequentemente e consultarem periodicamente o dentista para prevenção de doenças bucais. Essas medidas de prevenção devem ser tomadas para evitar e/ou amenizar estes desconfortos, para isso as mulheres devem incorporar hábitos mais saudáveis para seus dentes e gengivas, colaborando com a saúde de todo o corpo.

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Mármores e Granitos

    Pedras Garcia

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Escola de Idiomas

    CNA Inglês e Espanhol Definitivo

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Floricultura -Telemensagem

    Amor Teletoque Floricultura

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Animação de Eventos

    Hiperativos e Eventos

    Veja mais sobre esse anuncio