Clareamento Dental

Tratamento cosmético aplicado aos dentes, capaz de realçar um sorriso bonito mas apagado, o clareamento dental é assunto sempre presente nas clínicas e consultórios odontológicos. Porém, questões importantes causam dúvidas. Iremos esclarecer algumas delas aqui.

Como qualquer tratamento, o clareamento tem suas indicações, riscos e protocolos a serem seguidos, para que o resultado pretendido seja alcançado sem prejuízo da saúde bucal. Há, basicamente, dois métodos. Um, realizado em consultório por meio de laser, com 1 a 2 sessões de aproximadamente 1 hora cada. O outro, é o método com moldeiras adaptadas aos dentes, utilizadas em casa durante o sono, ou seja, cerca de 8 horas por dia, durante um período que pode variar de 2 a 4 semanas, dependendo do grau de clareamento pretendido. Nos dois casos o produto utilizado é o mesmo, só variando a concentração, que no método a laser é maior.

– O Clareamento prejudica o esmalte dos dentes ?

– MITO A técnica de clareamento propicia uma limpeza da superfície do esmalte que foi
escurecida por causa da pigmentação. Não há, nesses casos, uma ação profunda ou que possa causar um dano á estrutura
de esmalte, que se mantém integra em sua totalidade.
Portando, seja qual for a técnica de clareamento empregada, não há prejuízo para o esmalte.

– A técnica a laser é melhor que a técnica com moldeiras ?

– MITO O resultado final do clareamento feito com um ou outro método é o mesmo.
Cada um deles tem sua indicação de acordo com as necessidades do paciente, disposição de uso e disciplina de seguir
as recomendações. Fatores relacionados á sensibilidade dolorosa e saúde gengival, que inclui os casos de retrações da gengiva
, também precisam ser considerados. Cabe ao cirurgião dentista orientar seu paciente para que é o melhor para o caso dele, que
então poderá decidir qual técnica prefere.

– O clareamento não é indicado em pacientes jovens ?

– VERDADE O esmalte dental ainda é “imaturo” nos pacientes muito jovens, sendo ainda permeável aos produtos utilizados para clarear os dentes, o que pode eventualmente causar danos à polpa que se encontra no interior do dente. Considerando ainda que dentes jovens, pelo pouco tempo de uso, sofreram menos o efeito da pigmentação alimentar, não é recomendado o clareamento nesses casos. O clareamento a laser só é preconizado a partir dos 16 anos, quando a formação das raízes dos dentes já está completa. Mas uma avaliação caso a caso pode ser feita, já que a mesma idade nem sempre corresponde ao mesmo grau de maturação em diferentes indivíduos.

– O clareamento realizado com fitas adesivas, enxaguatórios bucais e dentifrícios são tão eficientes como os realizados em consultório ?

– MITO Embora a propaganda nos passe a mensagem que estes produtos possam dar bons resultados, a verdade é que há uma série de inconvenientes, restrições e limitações, tornando difícil alcançar os resultados prometidos. A venda dos kits do tipo “FAÇA VOÇE MESMO” só deveria ser feita com prescrição de cirurgiões -dentistas, do mesmo modo que outros medicamentos que possam trazer efeitos colaterais quando mal indicados.
Esses produtos poderão ser usados como auxíliares durante ou após tratamento branqueador, para prolongarem os efeitos do clareamento realizado pelo profissional

– O clareamento precisa ser repetido anualmente ?

– VERDADE A duração do clareamento vai depender, principalmente, dos hábitos alimentares do paciente. Alimentos com mais pigmentação escura como café, vinho tinto, chocolate e chás, além do tabaco, diminuem a durabilidade do clareamento. Não há um prazo definido para que tenha que ser refeito.
Vai depender do tipo de alimentação e da intensidade de brancura que se quer ter nos dentes.
Por outro lado, dentes que sejam escurecidos por ação de antibióticos como a tetraciclina, apresentam maior dificuldade de apresentar um bom resultado, uma vez que nesses casos a
pigmentação causada é
mais intensa e profunda.

– Alimentos pigmentados devem ser evitados durante o tratamento ?

– VERDADE A restrição aos alimentos escuros e com potencial de pigmentação é um cuidado importante para garantia dos resultados alcançados com o clareamento, principalmente nos primeiros dias após a sua conclusão, já que a possibilidade de ocorrer pigmentação será maior.

– O clareamento deixa os dentes sensíveis

– MEIO MITO & MEIO VERDADE O produto utilizado para clarear os dentes pode causar sensibilidade para alguns pacientes, podendo ocorrer durante as aplicações ou ainda entre as sessões. Ela pode ser maior quando utilizado o método a laser, já que neste caso a concentração do produto é maior. De qualquer forma, mesmo ocorrendo a sensibilidade, ela será reversível.

Tags:

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Cortinas - Tapetes

    Kilin Tapetes

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Dedetizadora

    Arrazatam

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Decoração

    Sorrento Móveis Sob Medida

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Centro Automotivo-Martelinho de Ouro

    Galpão Car Center

    Veja mais sobre esse anuncio