Ano Novo Astrológico 2011

O Ano Novo Astrológico 2011 iniciou em 20 de março às 20h22, horário de Brasília. No exato momento em que o SOL entra no signo de Áries. Entenda como essa mudança pode influenciar sua vida

Comemoramos o início do ano em 1o de Janeiro, tendo como base o calendário gregoriano. Porém, a natureza não segue o próprio ciclo com a astronomia. O começo se dá quando o Sol, o centro de nosso sistema, entra no signo de Áries. O Sol na representação de energia e centralização e Áries, a constelação que é a sinalizadora do começo, estimula a coragem para novos desafios.

O Ano Novo Astrológico é um Equinócio, palavra que deriva do latim (aequinoctium) e significa “noite igual”. Refere-se ao momento do ano em que a duração do dia é igual à da noite sobre toda Terra, marcando, enfim, a entrada do Sol no Signo de Áries.

Em todas as escolas filosóficas e espiritualistas é um momento importante. É a natureza renovando a força do homem. Aqui no hemisfério Sul é Outono, tempo de colheita e de amadurecimento. No início de 2011, dois movimentos planetários importantes aconteceram no céu. O primeiro ocorreu em 13 de março, quando Urano entrou definitivamente no signo de Áries depois de estar retrógrado no signo de Peixes. Urano rege o inconvencional, o elemento ar (vendaval), mudanças, separações, grupos e equipes. No signo de Áries (fogo) acontece o que já estamos presenciando: catástrofes naturais, chuvas torrenciais e desabamentos. Urano pede para que mudanças sejam feitas rapidamente tanto no físico como no emocional e psicológico. Se não ocorrerem, Urano em Áries causa a mudança de forma violenta.

O segundo evento, em 5 de abril, indicou a saída de Netuno do signo de Aquário para entrar no seu próprio signo Peixes, onde permanecerá até 30 de março de 2025, marcando uma geração. Netuno em Peixes rege a espiritualidade, magia, mistério, oculto, sonhos, ilusões, vícios, intuição, sacrifício e o psíquico. Esse Netuno revelará novas ideologias e convicções religiosas e até fará ressurgir algumas que achávamos que não mais existiam. Surgirão líderes religiosos fanáticos e combativos. No pessoal, não devemos nos enganar. É preciso tomar cuidado com ilusões e realizar nossos sonhos (um sonho depende somente de nós para ser realizado e uma ilusão depende do outras pessoas). É um ano que precisamos entrar em contato com nossa espiritualidade (força da alma) independente de religião, precisamos ter mais fé e buscar por uma filosofia de vida que eleve a espiritualidade.

O regente de 2011 é o planeta Mercúrio

Mercúrio rege os signos de Gêmeos e Virgem. Representa a comunicação, aprendizado, razão, conhecimento, ideias, jovialidade, lucidez de pensamento e quando no negativo, representa também a mentira, roubo, trapaças, falsificações e corrupções.

Devemos aproveitar a energia de Mercúrio para mudarmos paradigmas. É a oportunidade de derrubar os velhos conceitos e aceitar o novo dentro de valores mais lúcidos e modernos. Mercúrio favorece buscar novos aprendizados, alimentar nossos conhecimentos e também a comunicação com o “céu”, pois é o mensageiro entre o divino e o profano, o mediador entre o céu e a terra. É ele que leva nossas mensagens para o astral.

Seu signo não mudou

Em entrevista à Revista Time, um dos astrônomos, Parke Kunkle, afirmou que um 13o signo deveria fazer parte da astrologia, pois na Antiga Babilônia apenas 12 das 13 constelações foram adicionadas ao horóscopo, deixando de fora o Serpentário, que tem como símbolo a cobra.

Serpentário possui apenas uma pequena perna dentro do sistema solar. Não se encontra inteiro, com toda sua energia no nosso sistema e por isso não é analisado pela Astrologia.

Existe uma rivalidade muito antiga da Astronomia em relação à Astrologia. Na verdade os astrônomos veem tal alinhamento de acordo com o polo magnético da Terra, que realmente mudou. No século XVIII, a inclinação do polo magnético em relação ao meridiano geográfico era de apenas 4º. Atualmente, está a 23º, mas isso não importa para a astrologia.

A astrologia é geocêntrica, ou seja, tem como base a Terra em um centro fixo, parado, com tudo girando ao seu redor. Se olharmos a Terra do espaço, como se estivéssemos em Marte, por exemplo, deveríamos considerar tais 23o. Como fazemos o mapa astral daqui, não há porque mudar. E, se os astrônomos quisessem realmente alterar algo neste sentido, que tal começar pelos solstícios e equinócios, que determinam o início das estações do ano, e que tanto tem a ver com a astrologia?

Portanto, seu signo não mudou. O zodíaco continua composto apenas pelas doze constelações consideradas pela Astrologia desde os Sumérios.

Comentários

REVISTA ESTILO FASHION

Edição 27

A Estilo Fashion é publicada semestral e contém assuntos váriados como moda, gastronomia, saúde, etc.

SAIBA MAIS

ANUNCIOS

  • Automóveis - Mecânica - Elétrica

    K.M.M - Auto Mecânica e Elétrica

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Escuna - Passeio

    Escuna e Pousada Banzay

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Consultório Veterinário

    Ilha Golden Pet

    Veja mais sobre esse anuncio

  • Cabeleireiros - Estética

    Douglas Gombradi-Instituto de Beleza

    Veja mais sobre esse anuncio